Especialista em harmonização facial de Nelson Rubens explica os efeitos do procedimento no rosto do apresentador

Após viralizar na internet, doutor Willian Ortega esclarece como funciona o tratamento
No começo do ano, Nelson Rubens agitou as redes sociais ao mostrar seu rosto pós harmonização com uma grande diferença no antes e depois de suas fotos do Instagram. Além dos típicos debates relacionados ao procedimento, recentemente muitos internautas ainda acusaram Rubens de alterar digitalmente suas fotos.
O Dr. Willian Ortega, especialista em harmonização facial e responsável pelo tratamento do apresentador esclarece o procedimento. “Muita gente acha que a harmonização é uma cirurgia permanente ou até algo que se faz apenas uma vez. Na verdade, é um processo que envolve várias sessões para chegar no resultado esperado,” afirma.
Ortega explica que a harmonização é um processo, buscando sempre realçar a beleza do paciente sem exageros. As injeções de ácido hialurônico, que formam o preenchimento do rosto, por vezes precisam de um tempo para se ‘assentar’. Depois disso, analisar os próximos passos com calma, ao longo de alguns atendimentos, é o que garante um resultado orgânico.
“Buscar uma solução imediata pode gerar o efeito extrapolado que as vezes vemos em algumas celebridades, comprometendo a simetria da face”, complementa.
A técnica usada pelo cirurgião é analisar o paciente através do visagismo, que envolve igualar todos os terços do rosto para que tenham a mesma proporção, criando um efeito harmônico. O especialista ainda destaca que isso envolve manter em mente a estrutura óssea do paciente, que deve ser complementada. Por exemplo, maçãs do rosto que já são destacadas, não precisariam de um trabalho a mais.
“No caso do Nelson, realizamos procedimentos na intenção de repor estruturas que foram perdidas ao longo do tempo, principalmente na região das bochechas, mandíbula e mento, para eliminar o aspecto da face cansada e triste”, explica Dr. Willian.
Quando falamos de qualquer alteração no rosto, mesmo que a harmonização seja um processo reversível, o especialista frisa que menos é mais quando falamos deste tratamento. “É muito melhor alcançarmos o resultado aos poucos e sem se exceder, proporcionando algo que deixará o paciente com uma autoestima mais alta, assim como Nelson”, finaliza.

Willian Ortega – CRO PR 23.627. Graduado pela UNIPAR (Universidade Paranaense), especialista em Ortodontia e Pós- Graduado em Harmonização Orofacial. Diretor professor da Facial Academy. Especialista em Implantodontia pela Uningá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.