Violinista abre Outubro Rosa no CECAN

A iniciativa reflete sobre a arte como forma de expressão de vida na luta contra o câncer

O violinista Sílvio Luis dos Santos, 54, conhecido pelo nome artístico de Silviolino, será atração durante a solenidade de abertura do Outubro Rosa no CECAN- Centro do Câncer da Santa Casa de Piracicaba, a partir das 19 horas desta sexta-feira, 1º de outubro.

“É incrível a sensação maravilhosa de contagiar pessoas; por isso faço isso de coração com o propósito de utilizar o violino para tocar a alma das pessoas e, quem sabe, contribuir para restabelecer a saúde física delas também”, disse o violinista.

Ele estará ao lado do provedor João Orlando Pavão e dos oncologistas Fernando Medina, Mary da Silva Thereza e André Moraes, diretores do CECAN, na recepção que a Unidade Oncológica fará a médicos, funcionários e autoridades que já confirmaram presença no evento.

“O Silviolino já esteve conosco antes e arrancou aplausos e lágrimas, levando muita emoção e alegria com sua performance que une música e expressão corporal, concedendo harmonia e leveza à apresentação”, considerou Medina, lembrando que em complemento à programação, o prédio da Unidade será iluminado de rosa e permanecerá assim durante todo o mês.

Para o oncologista, a arte, assim como a música e a dança, são formas de expressão de vida que precisam se agregar à rotina das pessoas, principalmente àqueles em tratamento contra o câncer. “A doença em si já carrega um estigma pesado e em alguns casos, o tratamento provoca desconforto por conta de efeitos colaterais, de forma que o paciente e seus familiares precisam recorrer a um estilo de vida mais saudável e mais alegre, contexto em que a arte se apresenta como a parceria perfeita na busca por maior qualidade de vida”, considerou.

Segundo Fernando Medina, o CECAN registra de um a dois novos casos de câncer de mama todos os dias e campanhas desta natureza ajudam muito no processo de conscientização da população para uma série de medidas simples, porém poderosíssimas no combate e controle da doença. “Só nos últimos dez anos, mais de 1.500 mulheres se submeteram ao tratamento do câncer de mama no CECAN com índice de sobrevida de 85%”, disse.

Ao expressar apoio à iniciativa, João Orlando Pavão, reforçou a importância do conhecimento na luta contra o câncer e enalteceu as ações desenvolvidas pelo CECAN que, além do tratamento, concede suporte psicológico a essas mulheres e atividades de apoio por meio inclusive da instituição do Grupo de Artesanato e das Amigas da Onça. “São ações imbuídas de calor humano e focadas na desmistificação da doença; que tem cura, principalmente quando detectada em sua fase inicial”, lembrou.

Programação – Além da abertura do evento no dia 1º, a programação do Outubro Rosa prossegue durante o mês com palestras dirigidas especialmente a pacientes, sempre à partir das 9 horas. No dia 05, o médico geneticista Pablo de Nicola, falará sobre o “Câncer de Mama: Aspectos Genéticos e Familiares”. Dia 13, a micropigmentadora Ana Savoy e equipe farão micropigmentação de sobrancelhas e aréolas para pacientes portadoras de câncer de mama.

Dia 19, a fisioterapeuta Cíntia Siscotto Rasera abordará o processo de “Reabilitação fisioterapêutica no pós-operatório de mulheres com câncer de mama”. No dia 25,o médico especialista em radioterapia Caio Jorge falará sobre “Radioterapia em câncer de mama” e no dia,28, finalizando a programação palestra com a nutricionista e educadora física Maiara Souza para falar sobre a “Alimentação no tratamento oncológico: mitos e verdades”.
Nilma de Oliveira Moratori
Depertamento de Comunicação Santa Casa de Piracicaba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.