Venha torcer pelos robôs em São Carlos durante a etapa regional da Olimpíada Brasileira de Robótica

No próximo final de semana, 142 equipes participarão da competição no salão de eventos do campus da USP; público também poderá assistir à I Copa São Carlos de Futebol de Robô
Participar de uma Olimpíada é sempre emocionante. Especialmente se os atletas são robôs disputando vários desafios em arenas. No próximo final de semana, dias 10 e 11 de junho, você poderá assistir ao vivo e gratuitamente uma competição com 142 equipes que participarão da modalidade prática da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR). É quando o salão de eventos da USP, em São Carlos, sediará a etapa regional da competição, que acontece das 8 às 18 horas.

Durante os dois dias, também entram em campo os robôs que jogam futebol. Diversas partidas serão realizadas no sábado e no domingo na I Copa São Carlos de Futebol de Robôs, em que dois grupos de robótica da cidade se enfrentarão: o Warthog Robotics, grupo de extensão da USP em São Carlos, e o Red Dragons, da Universidade Federal de São Carlos.

Coordenada pelo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, a etapa regional da OBR em São Carlos reunirá cerca de 600 estudantes do ensino fundamental, médio e técnico. Eles construíram e programaram os próprios robôs, divididos em equipes compostas por, no mínimo, dois competidores e, no máximo, quatro. Os robôs são desenvolvidos para ter a capacidade de enfrentar sozinhos, de forma autônoma, vários obstáculos e desafios em uma pista de competição feita de madeira.

Há dois níveis de disputa: o nível 1 é voltado aos alunos do ensino fundamental e o nível 2 aos do ensino médio e técnico. Basicamente, o que muda de um nível para outro é o grau de dificuldade a ser enfrentado pelos competidores. Tanto no nível 1 quanto no 2, há uma simulação de resgate e o robô precisa encontrar uma vítima (representada por uma bola), resgatá-la e superar alguns obstáculos. Além disso, haverá desafios surpresas: tarefas especiais serão sorteadas na hora do evento para que os participantes façam adaptações na programação de seus robôs.

As 120 equipes que obtiverem a melhor classificação nas etapas regionais seguem para disputar a fase estadual da OBR, que será realizada dia 9 de setembro, no Centro Universitário FEI, em São Bernardo do Campo. E quem obtiver bons resultados na estadual vai competir na final nacional, que ocorrerá de 7 a 10 de novembro em Curitiba.
Estímulo a professores – A fim de capacitar professores do ensino médio, a professora Roseli Romero, do ICMC, coordenou dois cursos do qual participaram 40 professores de escolas públicas da região de São Carlos. Dispondo de kits robóticos financiados pelo Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), os participantes conheceram como é a estrutura básica de um robô e todos os sensores que o compõe no curso Robótica I. Para que pudessem desenvolver aplicações nos pequenos robôs disponibilizados, outro curso foi oferecido aos professores, voltado a apresentar conceitos de programação. As iniciativas aconteceram entre os dias 11 de março e 27 de maio no ICMC.

“Resolvi participar para me aprimorar nessas duas áreas e com isso poder levar aos meus alunos um conhecimento obtido na USP. Irá agregar muito a eles, pois consigo unir o que aprendi aqui com a parte prática nos equipamentos da escola onde leciono”, afirma Frederico Jurgensen Junior, professor de mecatrônica da Escola Técnica Industrial Paulino Botelho, de São Carlos.

Para Roseli, que coordena a 4ª Regional da OBR em São Carlos, é gratificante ver o sucesso dessas iniciativas: “Nós já havíamos oferecido vários cursos para alunos do ensino fundamental e médio, mas percebemos que se preparássemos um material específico para os professores, isso serviria como uma semente em suas escolas”. Coordenadora do Centro de Robótica de São Carlos (CROB), Roseli também faz parte do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Sistemas Autônomos Cooperativos (InSAC), ambos sediados na Escola de Engenharia de São Carlos (EESC-USP).

A professora foi responsável, ainda, por outro curso que teve como finalidade preparar estudantes para a modalidade prática da OBR. Realizado de 6 a 27 de maio, contou com 66 participantes.
Coordenação – Este ano, a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) é a instituição responsável pela coordenação da OBR em nível nacional, representada por professores dos Departamentos de Engenharia Mecânica e de Engenharia Elétrica. Participam da organização nacional da iniciativa o Colégio Técnico de Campinas, o Centro Universitário FEI, a Universidade Federal de São João Del-Reio Instituto Federal do Rio Grande do Norte, a UNESP, o Sesi-São Paulo, a Sociedade Brasileira de Computação, a RoboCup, a Mostra Nacional de Robótica e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. Além disso, a OBR conta com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico e de diversas instituições em todo Brasil. Em âmbito estadual, o ICMC é um dos organizadores da competição.

Texto e fotos: Denise Casatti – Assessoria de Comunicação ICMC/USP
Com informações da Assessoria de Comunicação do InSAC

Modalidade prática da Olimpíada Brasileira de Robótica – etapa regional
Quando: sábado e domingo, 10 e 11 de junho, das 8 às 18 horas
Local: Salão de Eventos do campus da USP em São Carlos
Endereço: Rua dos Inconfidentes, 80
Evento gratuito e aberto à participação de todos os interessados
Mais informações: (16) 3373.9622 ou eventos@icmc.usp.br
Confira a reportagem do InSAC sobre o curso preparatório do ICMC: icmc.usp.br/e/098fd
Assessoria de Comunicação ICMC – USP