Usain Bolt assume lado showman no Rio 2016, mas prioridade é outra: recorde mundial

Por Rio 2016
Usain Bolt assume lado showman no Rio 2016,-“Definitivamente sou um velocista, mas eu gosto de divertir porque é isso que as pessoas buscam”, diz o jamaicano
Usain Bolt assume lado showman no Rio 2016, mas prioridade é outra: recorde mundial

Usain Bolt é, em primeiro lugar e acima de tudo, um atleta. Um velocista, para ser mais preciso. Mas também é um showman. O próprio jamaicano admitiu que tenta se dividir entre as duas funções, e não tem sido diferente nos Jogos Olímpicos Rio 2Em sua única aparição pública antes de começar a competir, Bolt mostrou mais uma vez que é uma figuraça, nesta segunda-feira (8). Ele deu respostas divertidas às perguntas dos jornalistas, ganhou uma homenagem em forma de rap e fez selfies enquanto dançava com passistas de uma escola de samba.

“Definitivamente sou um velocista, mas eu gosto de divertir porque é isso que as pessoas buscam. Eu tento divertir e fazer a diferença”, afirmou o bicampeão Olímpico, que no Brasil busca o terceiro ouro em três provas: 100m e 200m rasos e revezamento 4x100m.
Mais do que as medalhas, ele quer um novo recorde nos 200m. O atual, de 19,9s, já é dele. “Eu quero muito isso. Quero muito, muito, muito. Sempre quis correr abaixo dos 19 segundos”, afirmou, embora admita que a meta parece distante. “Sei o quanto será difícil porque não treinei demais. Mas nunca se sabe…”.

(Foto: JOA/Rvon Kruger)