Terceiro caso de Zika vírus é confirmado em Piracicaba

A paciente é uma gestante com 24 anos de idade, moradora da região Leste. Ela apresentou exantema (manchas avermelhadas na pele) no fim de janeiro, quando estava na 35ª semana de gestação, e registrou ultrassons obstétricos com resultados normais.

zika-vírus1A criança nasceu na sexta-feira, 26 de fevereiro, em perfeito estado de saúde e com perímetro cranioencefálico normal. Mamãe e bebê passam bem e já receberam alta do hospital.

Todas as medidas foram adotadas pela Secretaria de Saúde, incluindo o acompanhamento do caso pelo Pacto pela Redução da Mortalidade Infantil em Piracicaba. Diante da confirmação do caso, o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) já realizou bloqueio mecânico e químico na região da residência da paciente.

Como protocolo, as unidades daquela região realizam a busca ativa de gestantes para eventual monitoramento de casos de exantema.

Não há, até o momento, registro de casos de microcefalia associados ao Zika vírus no município de Piracicaba.

A Secretaria de Saúde pede a colaboração de toda a população na vigilância de suas residências, já que 90% dos focos do Aedes aegypti estão dentro das casas.

Até esta quarta-feira (02 de março), 32 gestantes que apresentaram exantema (manchas avermelhadas) são monitoradas pelo Pacto.

Outros 76 casos suspeitos de Zika em não gestantes são investigados no município e aguardam resultados de exames.
Rodrigo de Proença Guidi
Assessor Especial
Secretaria Municipal de Saúde