Tarifa de ônibus sobe R$ 0,30 neste mês

A partir do próximo dia 13 deste mês passa a vigorar a nova tarifa do transporte público de Piracicaba. O reajuste é resultado de estudos da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) que revisou o custo operacional do sistema, considerando a inflação, mão-de-obra, variação dos combustíveis, depreciação da frota, equilíbrio do contrato, entre outros itens.

Segundo dados da Fipe, o reajuste é a variação dos custos no período de abril/2017 a abril deste ano e o reequilíbrio do contrato de concessão. Além disso, a Prefeitura dará um subsídio anual de R$ 5,9 milhões, para não onerar mais o valor da tarifa e manter o sistema operando com certo equilíbrio.
Para o cálculo de revisão tarifária, a Fipe levou em consideração o aumento ocorrido desde o último reajuste nos itens que fazem parte do custo da tarifa, que são o reajuste salarial, pneus, lubrificantes, combustível, preço do veículo e outros. O que mais impactou foi a redução dos passageiros pagantes. Desde o último reajuste, o sistema perdeu 1.940.000 passageiros pagantes no período de um ano.
Com o reajuste, a tarifa social terá um acréscimo de R$ 0,30, passando de R$ 3,70 para R$ 4,00. O estudante pagará R$ 0,18 a mais na sua tarifa, ou seja, de R$ 1,97 para R$ 2,15. O vale-transporte que hoje custa R$ 3,95 o novo valor será de R$ 4,34.
Para os usuários do cartão Via Ágil, a tarifa terá acréscimo também de R$ 0,30, passando de R$ 3,70 para R$ 4,00. A venda a bordo – para o usuário que não tem o cartão – passará para R$ 4,40, sendo que R$ 0,40 é do motorista, que é o responsável pela venda do bilhete nos ônibus. Utilizando o cartão, a primeira via é gratuita, e o usuário terá o benefício do desconto de R$ 0,40.

Ude Valentini
Diretora do CCS (Centro de Comunicação Social)
Prefeitura de Piracicaba