Festa das Nações 2018

Foram mais de cinquenta mil pessoas que passaram pela 35 Edição da Festa das nações de Piracicaba no Engenho Central.
A festa da gastronomia novamente cativou quem gosta de provar as iguarias de diversas parte do mundo, mas não faltaram reclamações pelos preços cobrados o que para muitos afasta famílias de uma festa tradicional e diferenciada.
Este ano foram 21 instituições assistenciais, representadas por 14 nações (Brasil – Brasil Nordeste, Brasil Norte, Brasil Sul e Piracicaba – Alemanha, Coréia do Sul, Espanha, Estados Unidos, Holanda, Itália, Índia, Nova Zelândia, México, Nações Árabes, Nações Africanas, Portugal e Reino Unido).
17 restaurantes e 2 quiosques (Brasil Nordeste e Café das Nações) estiveram à disposição e serviram os visitantes com as delicias da culinária mundial e nacional.
E não faltou, alegria e  disposição para os voluntários que por mais um ano foram solidários e colaboraram com seus sorrisos e energia  para o sucesso da festa
O estacionamento foi administrado pela Casa do Bom Menino e a bilheteria pela Pasca (Pastoral do Serviço de Caridade).
O resultado sempre é positivo e quem participou da festa com certeza vai ajudar de alguma maneira às instituições participantes do evento.
Veja um pouco de como foi a 35 Edição da Festa das Nações de Piracicaba.
Imagens: Rita Maziero, De Maziero e Paulo Silva.