Empossada a nova diretoria do Conespi, presidida por Juca dos Metalúrgicos

A nova diretoria do Conselho das Entidades Sindicais de Piracicaba, o Conespi, entidade que reúne quase 30 sindicatos e que representa cerca de 200 mil trabalhadores da ativa e aposentados de Piracicaba e região, foi empossada nesta última sexta-feira, 11 de agosto, em solenidade realizada no Clube do Sindicato dos Metalúrgicos de Piracicaba e foi amplamente prestigiada pelo movimento sindical e autoridades. A solenidade foi presidida pelo então presidente do Conespi, Francisco Pinto Filho, o Chico, e a mesa principal contou com a participação do prefeito Barjas Negri; do secretário estadual do Trabalho e Emprego, José Luiz Ribeiro; do secretário municipal de Trabalho e Renda, Evandro Evangelista; do vereador Gilmar Rotta, representando a Câmara de Vereadores, e de Laura Queiroz, presidente do Conselho Municipal da Mulher, que destacaram a importância do Conespi na defesa dos trabalhadores e de Piracicaba.
O novo presidente do Conespi, Wagner da Silveira, o Juca dos Metalúrgicos, foi empossado pelo então presidente do Conespi, Francisco Pinto Filho, o Chico, que falou dos principais trabalhos desenvolvidos pela entidade ao longo dos seus quase 40 anos, enfatizando a criação do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador; a criação da Comissão Municipal de Emprego, a participação no lançamento da pedra fundamental do Hospital Regional, que deverá entrar em funcionamento nos próximos meses, ressaltando a necessidade de manutenção da unidade de ação do movimento sindical local. “A homenagem que o Conespi recebeu na Câmara de Vereadores, nos 250 anos de Piracicaba, pelo trabalho desenvolvido, faço questão de dividir com todos que participam desta luta diária dos trabalhadores”, discursou.
Juca dos Metalúrgicos, já como presidente do Conespi, agradeceu a confiança  e o apoio do movimento sindical, especialmente da diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos e da Associação dos Aposentados Metalúrgicos, e disse que, com a reforma trabalhista aprovada pelo Congresso Nacional “o momento é um dos mais difíceis do movimento sindical e que os trabalhadores dependem de nós e temos que nos unirmos ainda mais para não deixarmos o trabalhador desamparado. Somos fortes e ninguém vai conseguir nos destruir”, discursou, agradecendo também ao secretário estadual José Luiz Ribeiro pela confiança.
A nova diretoria do Conespi, que foi eleita por unanimidade em processo realizado no dia 3 de julho, é composta por mais de 80 dirigentes sindicais, de 23 entidades, é constituída por uma executiva formada por  Wagner da Silveira, o Juca dos Metalúrgicos (Presidente); pelos vices-presidentes, José Antonio Fernandes Paiva (Bancários), Milton Costa, (Construção Civil) e Francisco de Assis Dantas (Hoteleiros); pelo secretário geral Roberto Previde (Comerciários), pelo tesoureiro geral, Fânio Luis Gomes (Alimentação); o pelo primeiro secretário,  Francisco Pinto Filho, o Chico (Papeleiros); pelo segundo secretário, João Soares (Motoristas do Transporte Urbano); pelo primeiro tesoureiro, José Valdir Sgrigneiro (Municipais) e pelo segundo tesoureiro, Marcelo Assalin Zambon (Técnicos de Segurança). Os demais diretores integram as diretorias de Imprensa e Comunicação Social, Relações Políticas e Institucionais; Emprego e Relações do Trabalho; Educação, Cultura e Formação;  Planejamento Urbano e Rural; Assuntos da Segurança e Ação Comunitária; Assuntos da Previdência e Seguridade Social; Relações Sindicais; Assuntos da Criança e Adolescente; Assuntos Jurídicos; Segurança e Acidente do Trabalho; Trânsito, Transporte e Mobilidade Social; Gênero, Raça e Orientação Sexual; Esporte, Recreação e Eventos; Saúde e Qualidade de Vida; Assuntos Econômicos e Meio Ambiente; Turismo, Integração e Desenvolvimento Regional, além do Conselho Fiscal.
Vanderlei Zampaulo