Casamento Muçulmano

A tradição de escolher a noiva ou noivo para os filhos ainda vigora em alguns países, mas as mulheres não têm a obrigação de se casar se não acharem que a escolha serve para elas, mas quando houver concordância entre as partes os noivos só irão se ver no dia da cerimônia.
Que é mais a formalização de contrato que um sacramento a cerimônia é realizada de forma simples, sem altar e ornamentos, lendo trechos do Alcorão em voz alta um sheik realiza o casamento tendo duas testemunhas presentes.
A tradição do dote que foi acertado anteriormente entre as famílias é dado pelo pai da noiva a família do noivo dentro da cerimônia, em seguida o noivo presenteia a noiva com uma valiosa jóia.
Para finalizar são feitas orações e a distribuição de frutas secas que é o símbolo da fertilidade e da prosperidade entre o povo muçulmano, e tão simples como a cerimônia é a festa que é modesta e com restrições de alimentos e bebidas alcoólicas que são proibidas.
Em algumas regiões as cerimônias de casamento sofrem algumas mudanças que não altera o sentido nem a essência da celebração.