Banco do Povo registra aumento de 24,5% no número de empréstimos

Responsável por promover o empreendedorismo, o Banco do Povo Paulista (BPP), unidade Piracicaba, junto à Secretaria Municipal do Trabalho e Renda (Semtre), emprestou até julho deste ano R$ 151.074,82, com a efetivação de 23 contratos. O aumento, em relação ao mesmo período do ano passado, foi de 24,5%.
O secretário municipal do Trabalho e Renda, Evandro Evangelista, disse que as ações de empreendedorismo estão sendo intensificadas por meio da integração dos programas desenvolvidos pela Semtre. “Com a liberação do crédito, os empreendedores puderam investir nas suas atividades com o subsídio da menor taxa de juros praticada hoje no mercado, 0,35% ao mês e ampliar sua renda. É gratificante ver os resultados na prática, o que demonstra o potencial dos empreendedores.”
Evangelista ressalta que o programa está há 18 anos no município e já emprestou mais de 9 milhões nesse período. Trata-se de um convênio entre a Prefeitura e o Governo do Estado, sendo gerenciado pela SERT (Secretaria Estadual de Emprego e Relações do Trabalho) e pela Semtre.
As linhas de financiamento são para empreendedores que atendam as exigências do programa, entre elas: residir no município, ter endereço fixo, não ter restrições creditícias e estar com a atividade regularizada e ativa.
O Banco tem diferentes linhas de investimento para aquisição de máquinas e equipamentos, produtos para comercialização, insumos, matérias-primas. Com prazos diferenciados para cada categoria, juros de 0,35% ao mês, sem nenhuma outra taxa operacional. O valor financiado tem que ser aplicado integralmente no negócio, sendo exigida comprovação da aplicação por nota fiscal.
Para solicitar o crédito é preciso comparecer à Unidade de Crédito, na Secretaria Municipal do Trabalho e Renda, para verificar o enquadramento, visto que todas as solicitações passam por avaliação.
INCENTIVO – Cliente assíduo BPP, Amâncio Thomazini, 65 anos, morador do bairro Campestre, é proprietário de um depósito de água mineral, na região da Rua do Porto. Ele não poupa elogios quando se trata do serviço. Já solicitou três empréstimos, num total de R$ 15.800, utilizados para compra de vasilhames para engarrafar água e duas motos para entregar o produto.
A cada empréstimo procura investir mais em seu estabelecimento. “Quando iniciei o negócio enfrentei muitas dificuldades, mas a partir do momento em que conheci o Banco do Povo, percebi que poderia ser um excelente incentivo. Quando preciso vou lá e renovo o meu contrato sem burocracia. O recurso que o BPP me disponibilizou fez toda a diferença na minha vida e no meu negócio”.

Texto: João J. Souza/CCS
Foto: Justino Lucente/CCS