Uso de máscara é obrigatório em Charqueada e multa pode chegar a R$ 5 mil

O uso de máscara passou a ser obrigatório em todo o estado de São Paulo, e Charqueada segue a determinação. A medida entrou em vigor no dia 1 de julho e prevê multa que varia entre R$ 524 (pessoa física) e R$ 5 mil (pessoa jurídica e comércios em geral) para quem descumprir. O objetivo é diminuir a exposição ao coronavírus.
Há ainda a previsão de uma multa de R$ 1.380,50 se o estabelecimento não afixar placas que informam sobre a obrigatoriedade da máscara.
O governo estadual criou um site (saopaulo.sp.gov.br/coronavirus/mascaras) com esclarecimentos sobre o uso de máscaras. Nele é possível baixar, compartilhar e imprimir cartazes, faixas e folhetos informativos.
Manuseio das máscaras
As recomendações do Ministério da Saúde indicam que as máscaras sejam produzidas com no mínimo duas camadas de pano; preferencialmente com tecidos de algodão, TNT ou tricoline, que se ajustem bem ao rosto, cubram nariz e boca, sem deixar espaços nas laterais.
Em relação ao momento do uso, as recomendações incluem mãos limpas para não contaminar a máscara, que deve ser utilizada por no máximo três horas ou até umedecer. Na remoção, é preciso ter o cuidado para não tocar na parte frontal da máscara, que deve ser guardada em saco fechado até o momento da lavagem.
A lavagem das máscaras deve ser feita separadamente das demais peças, com água corrente e sabão neutro. Utilizar molho em água com água sanitária ou equivalente, na proporção de 2 colheres de sopa de água sanitária em 1 litro de água, por período de 20 a 30 minutos, secar, passar com ferro quente e guardar em um recipiente fechado até o momento do uso.

Prefeitura do Município de Charqueada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.