Doações de Imposto De Renda podem salvar vidas

Por meio do Fundo de Amparo à Criança e Adolescente, o contribuinte pode doar até 3% do imposto devido a entidades como o Hospital de Amor
O prazo para a entrega da declaração de imposto de renda vai até 30 de abril. O que poucos sabem, porém, que é possível salvar vidas por meio de doações via IR.
A Receita Federal permite que Pessoas Físicas que declaram no modelo completo doem até 3% do total devido do imposto de renda ao Fundo de Amparo à Criança e Adolescente.
“Os recursos obtidos por meio desse incentivo fiscal são essenciais para o Hospital de Amor”, conta Henrique Moraes Prata, diretor de Desenvolvimento Institucional do Hospital de Amor.
Para se ter uma ideia, em 2018, a instituição, que é o maior polo de tratamento oncológico gratuito da América Latina, captou, por meio do Fundo da Criança e do Adolescente, R$ 5.865.756,88, o que beneficiou 38.400 pacientes. “Em relação a 2017, a entidade arrecadou 53% a mais. Nós ficamos muito gratos com o crescimento das doações via imposto de renda. O valor arrecadado é destinado ao diagnóstico e tratamento dessas crianças e adolescentes”, diz Prata.
A entidade
O Hospital de Amor fechou o ano de 2018 com 948.842 atendimentos realizados, 192.215 pacientes vindos de 2.167 municípios de todos os estados do país – um recorde de cobertura. Foram realizadas 23.732 internações, 102.258 quimioterapias, 9.500 refeições servidas/dia e o déficit operacional é de mais de R$ 24,5 milhões/mês. A entidade reúne 380 médicos e mais de 3.800 funcionários.
Parte das despesas do Hospital, incluindo cirurgias e salários dos profissionais é bancada pelo SUS (Sistema Único de Saúde). Eventos e doações de empresas e pessoas são necessários para completar a renda.
O Hospital de Amor tem diversas unidades espalhadas pelo país, estando elas localizadas em: Barretos (SP), Jales (SP), Fernandópolis (SP), Campinas (SP), Porto Velho (RO), Campo Grande (MS), Nova Andradina (MS), Ji-Paraná (RO), Lagarto (SE), e Juazeiro (BA), Jequié (BA), Salvador (BA), Irecê (BA), Ganambi (BA), Teixeira de Freitas (BA), Macapá (AP), Rio Branco (AC). Além disso, há um projeto em andamento na cidade de Palmas (TO).
GBR Comunicação
Grasiela Caldeira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.