Morrer com Arte

Quem morre em Gana, pode-se dizer, morre com classe e personalizado, é uma tradição e uma criatividade dos artesões e também um habito local traduzir na urna mortuária ou trono como também é conhecido por lá a historia do falecido criando os caixões com formatos que podem indicar a profissão o status social ou ate de coisas que o falecido gostava de fazer quando respirava e ficava em pé. Alguns desses tronos criados em Accra capital de Gana tem formas diferentes e ate de bom gosto,se é que morto prefere ter bom gosto.Mas tem alguns que fica difícil de entender qual é a do morto,porque tem coisas bem estranhas que vão levá-los para a cova,e como não se escolhe a hora de partir o corpo do já era fica preservado no necrotério enquanto os artesões executam a vontade do falecido e se inspiram na arte de criar caixão de defunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.