Em duelo equilibrado, XV de Piracicaba e São Caetano empatam sem gols

O estádio Barão de Serra Negra, em Piracicaba, foi palco do confronto que encerrou a rodada de ida da semifinal do Paulistão A2 Sicredi. Em duelo bastante equilibrado, XV de Piracicaba e São Caetano ficaram no empate sem gols, em partida realizada na tarde desta quarta-feira (23).

Como não há vantagem para a melhor campanha, nem gol fora como critério de desempate, as equipes voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira (30), às 16h30, no Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, cientes de que nova igualdade levará à disputa de pênaltis para que se descubra qual time conquistará o acesso e a vaga à decisão.

Na outra chave, o São Bento, recebeu o São Bernardo no Walter Ribeiro, em Sorocaba, na tarde de terça-feira (22) e abriu vantagem ao vencer, por 3 a 0. O novo encontro entre alvicelestes e aurinegros acontece na próxima terça-feira (29), no Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo.

A partida
O confronto começou movimentado. Logo aos três minutos, Kadu Barone cruzou na cabeça de Caio Mancha, no segundo pau, que desviou de cabeça. Entretanto, o goleiro visitante, Luiz Daniel, fez boa defesa. A resposta azulina veio na sequência, aos cinco, quando Alex Reinaldo cruzou na área e, após toque no meio do caminho, Everton Dias, dentro da pequena área, cabeceou por cima do travessão.

Já aos nove, o São Caetano chegou mais uma vez. Dessa vez, Anderson Rosa arriscou da entrada da área, mas Mota conseguiu espalmar. Depois deste início de jogo alucinante, as defesas se acertaram, tornando lances de perigo mais raros.

Mas o XV de Piracicaba ameaçou duas vezes na sequência. Aos 17, Caio Mancha recebeu já dentro da área e bateu firme, mas Domingos travou para escanteio. Aos 29, Kadu Barone, após jogada de Raphael Macena, se esticou, acertou um peixinho e ‘tirou tinta’ do travessão. Por fim, aos 44, Alex Reinaldo cobrou falta com perigo, ‘lambendo’ o pé da trave direita.

A etapa final também começou agitada. Antes que o relógio completasse a primeira volta, o XV de Piracicaba levou perigo. Caio Mancha, de muito longe; Luiz Daniel apenas olhou -e viu a bola sair em tiro de meta, com bastante perigo. Depois, com muito equilíbrio entre as equipes, que conseguiram acertar a marcação e fechar os espaços, não houve mais chances importantes na partida disputada no Barão da Serra Negra.

Ficha técnica:
XV de Piracicaba 0 x 0 São Caetano
Data: 23/09/2020;
Horário: 17h;
Local: estádio Barão da Serra Negra, em Sorocaba;
Árbitro: Adriano de Assis Miranda;
Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Luiz Alberto Andrini Nogueira;
VAR: Thiago Duarte Peixoto;
AVAR: Thiago Luis Scarascati e Marco Antonio de Andrade Motta Júnior;
Cartões Amarelos: Douglas Marques, Felipe Manoel e Leonardo (XVP); Di Maria e Luiz Daniel (SCA).

XV de Piracicaba: Mota; Jefferson Feijão (Filipe Cirne), Douglas Marques, Diego Jussani e Paulão; Felipe Manoel, Gabriel Soares (Samuel Andrade) e Daniel Costa (Erison); Kadu Barone (Kelvin), Raphael Macena e Caio Mancha (Marcelinho). Técnico: Evaristo Piza.

São Caetano: Luiz Daniel;Alex Reinaldo (Acácio), Domingos (Guilherme Amorim), Sandoval (Gustavo) e Dudu; Everton Dias, Emerson Santos e Ronaldo; Eric Di Maria, Joel Vinícius e Anderson Rosa. Técnico: Alexandre Gallo.

FPF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.