100 Milhas Piracicaba tem bicampeão mais jovem de sua história

A 100 Milhas Piracicaba escreveu um capítulo inédito em sua história com a realização de 28ª edição, disputada neste domingo (6), no ECPA (Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo). A corrida marcou os 250 anos de Piracicaba, completados no último dia 1ª de agosto.
A prova reuniu no mesmo grid 27 veículos, sendo oito protótipos na categoria Tubular e 18 carros de Turismo, que percorreram 78 voltas pelo circuito de 2.100 metros do autódromo, num total de 160 quilômetros no traçado.
Na pista, uma marca importante foi celebrada com a vitória de Athus Biruel, que se tornou o mais jovem piloto a conquistar o bicampeonato da tradicional corrida. Com apenas 20 anos, o garoto de Araraquara se consagrou com uma vitória madura e incontestável entre os competidores da categoria Tubular.
“Acho que foi a vitória mais difícil da minha carreira, principalmente por ter sido no asfalto. Mas estou muito contente pela conquista”, afirmou ao sair de sua gaiola o jovem piloto que já havia vencido em 2015.
A segunda colocação da categoria Tubular ficou para os donos da casa, Dito e Felipe Giannetti chegaram com uma diferença de apenas dois segundos do ganhador. “Faltou muito pouco, mas não deu. O carro estava bem acertado, mas Athus fez uma corrida perfeita e não errou em nenhum momento, até quando consegui ultrapassar, teve o mérito de retomar a posição. Ele está de parabéns”, comentou Felipe, sobre a manobra que acontece a menos de cinco voltas do final.
Entre os carros de Turismo, a dupla formada por Rodrigo Stefanini, de Capivari, e pelo piracicabano Rodrigo Huidobro, a bordo de um Citroën C3, venceu a prova que teve um final espetacular, com o segundo colocado cruzando a linha de chegada a pouco mais de um segundo atrás dos xarás.
“Foi uma vitória da superação, pois a estratégia traçada para a prova se perdeu totalmente com o imprevisto que paralisou a prova”, afirmou Stefanini, ao lembrar do acidente na volta 17, envolvendo os pilotos Diogo La Pena e Juka Gandelin que acabou levando a pior e abandonou a corrida.
“Sensação incrível de vencer as 100 Milhas. Meu parceiro já ganhou, mas para mim, é uma alegria muito grande. Mesmo porque é uma parceria que estamos mantende nessa temporada e que vem se mostrando vencedora”, disse Huidobro.
Segundo colocado na prova, Dito Giannetti se mostrou muito feliz com mais uma edição do evento. “Para mim, é uma honra dar continuidade a uma tradição de oito décadas. Pois, apesar de o ECPA ter apenas 28 anos, há registros de corridas automobilísticas pelas ruas de Piracicaba em 1937”, afirmou emocionado. “Hoje não se corre mais na rua, mas existe o autódromo para isso e o ECPA é pretende manter essa história por muitos anos”, completou.
Além da corrida principal, o evento teve ainda exposição de carros antigos e passeio pelo circuito, como um Chevrolet 1934, dois Fords 29 modelo Speedster e um T-Bucket. Também aconteceu uma corrida de Motonetas, com a participação de Vespas e Lambretas e um Track Day no sábado.
No domingo, antes da largada das 100 Milhas Piracicaba, foi disputada a 50 Milhas de Clássicos, prova preliminar com um grid formado por clássicos de competição, que reuniu modelos esportivos, ou não, de diferentes épocas e com mais de 30 anos de rodagem.
Jeep Day

O evento contou com um grande público, parte dele formado por participantes da primeira edição Jeep Day em Piracicaba, realizado pela concessionária da marca pertencente ao Grupo Stefanini. O encontro de proprietário da marca Jeep reuniu 70 veículos e 180 pessoas e cada participante doou 2 litros de leite ou um pacote de fralda geriátrica.
“Além de contar com o apoio da prefeitura, neste ano tivemos um apelo social muito forte e arrecadamos leite e fraldas geriátricas ao invés de cobrar ingresso. Tivemos uma grande quantidade arrecadada e vamos doar tudo para o Fundo Social de Solidariedade do município”, informou a organizadora Daniella Giannetti.
Confira todos os resultados das 100 Milhas Piracicaba:

Tubular
1ª Athus Biruel
2ª Dito e Felipe Giannetti
3ª Airton e Gustavo Favoretto
4ª Alexandre e Willian Cancilier
5ª Roberto Correa e Douglas Correa

Turismo A
1ª Rodrigo Stefanini e Rodrigo Huidobro
2ª Renato Rattes e Luis Piccolo
3ª Luiz Augusto Alves
4ª Diogo La Pena
5ª Adriano, Bruno e Edson Paes
Turismo B
1ª Andre Benatti e Alexandre Peppe
2ª Ricardo e Alexandre Morais
3ª João Marcelo Gabriel
4ª Adilson Gorga e Eric Folquito

5ª Lucas Costa e Erick Gesparini
Resultado 50 Milhas de Clássicos

Clássicos A

1ª Ricardo e Rogério Mendes
2ª Mauricio e Rodrigo Bortolo
3ª Fábio B. e Carlos A.
Clássicos B

1ª Marcelo e Luis Carlos
2ª Claudio e Eduardo Lauand
3ª Francisco e Kadan Risso